André Cechini ou Dr. Válvula 3000 ficará até o final de abril no comando do GHC

André Cechini ou Dr. Válvula 3000 ficará até o final de abril no comando do GHC

Foto: Dr. Válvula 3000, Deputado Dr. Thiago Duarte (DEM/Sindicalista/Brizolista/Janguista) e Dudu Trindade

O destino do momentâneo diretor-superintendente do GHC – Grupo Hospitalar Conceição, o neurocirurgião André Cechini, vulgo Dr. Válvula 3000 está selado… É só uma questão de detalhes… No final de abril ele será defenestrado do comando do GHC…

A decisão de tirar o Dr. Válvula 3000 já está decidida por importantes autoridades de Brasília… Seu padrinho político (Dr. Thiago) não é bem visto no governo Bolsonaro e nem no DEM do RS… Todos sabem na Assembleia que o padrinho político do Dr. Válvula não votou e não gosta do Bolsonaro… E seu protegido no GHC é igual…

A saída do Dr. Válvula do comando do GHC acarretará profundas mudanças no HOSPITAL FÊMINA (um reduto de amigos do Trindade).

O MPF até o final de fevereiro também vai decidir sobre o inquérito de nº 129000001819201939… É o Inquérito que vai comprovar que ele (Válvula) exerce ilegalmente a função de Corregedor Adjunto do Cremers… Outros também serão atingidos (do Fêmina). Principalmente a aquela velha petista… Quem estiver ao lado do Trindade vai ter problemas…

A investigação sobre aquelas válvulas de hidrocefalia do Hospital Parque Belém que “saiam em malas” para Canoas também terá andamento…

Em breve o Site vai contar o VERDADEIRO motivo da data da saída do Válvula ser no final de abril…

Deixe um comentário

Envie um Comentário