Deputado suplente do PSL gaúcho levou uma tremenda surra do seu chefe de gabinete. O que apanhou na cara é o tal de Marcelo Brum, também conhecido com a Voz do Campo

Deputado suplente do PSL gaúcho levou uma tremenda surra do seu chefe de gabinete. O que apanhou na cara é o tal de Marcelo Brum, também conhecido com a Voz do Campo

O deputado federal suplente MARCELO BRUM (PSL-RS), vulgo a Voz do Campo levou uma tremenda surra na cara do seu chefe de gabinete na última quarta-feira (25/9), a tremenda surra foi depois que avisou que iria demiti-lo… O deputado suplente levou vários socos no rosto dentro do seu gabinete e depois fugiu correndo e gritando pedindo ajuda… A Voz do Campo teve cortes da boca e hematomas no rosto e não pode participar das sessões e dos trabalhos na Câmara no dia que levou aquela surra…

O agressor é o tal de Ricardo Jornada da Rosa (um petista). Jornada é marido/companheiro de uma assessora da “vítima” dos tabefes, a tal de Natalie Sonza Diefenbach (ambos ganham 30 mil mensais). A Natalie é fã da Manu Beleza IntercePT

O deputado suplente que apanhou é um daqueles parlamentares que não são fiéis ao governo Bolsonaro. Pelo contrário, Brum só acreditou na vitória do Bolsonaro quando o deputado federal carioca começou a despontar nas pesquisas. Brum é um daqueles oportunistas do PSL… Era um daqueles que ria da possibilidade do Bolsonaro vencer…

Deixe um comentário

Envie um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *