O carteiraço não funcionou: Filhinho da vereadora Mônica Leal foi demitido de uma pomposa assessoria do GHC - Grupo Hospitalar Conceição. O filhinho ganhava 17 mil mensais

O carteiraço não funcionou: Filhinho da vereadora Mônica Leal foi demitido de uma pomposa assessoria do GHC - Grupo Hospitalar Conceição. O filhinho ganhava 17 mil mensais

Não funcionou o carteiraço da Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre, vereadora Mônica Leal, o seu filhinho MARCELO LEAL MARKUSONS foi demitido do cargo de confiança (com CLT) de Assessor Técnico da Diretoria do GHC, com um salário de R$ 17 mil mensais.

A vereadora Mônica tentou usar o nome do General Mourão para garantir a boquinha do seu filhinho. O atual comando do GHC não aceitou!!! Será que eles não entenderam que o governo Bolsonaro é outro??? Há no estatuto do GHC proibição de tal tipo de contratação (de parentes de políticos).

Dizem que o filhinho e a mamãe estão inconformados!!! O Site sabe que o vice-presidente Mourão não vai interferir na demissão!!!

Deixe um comentário

3 Comments

Envie um Comentário