O carteiraço não funcionou: Filhinho da vereadora Mônica Leal foi demitido de uma pomposa assessoria do GHC - Grupo Hospitalar Conceição. O filhinho ganhava 17 mil mensais

O carteiraço não funcionou: Filhinho da vereadora Mônica Leal foi demitido de uma pomposa assessoria do GHC - Grupo Hospitalar Conceição. O filhinho ganhava 17 mil mensais

Não funcionou o carteiraço da Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre, vereadora Mônica Leal, o seu filhinho MARCELO LEAL MARKUSONS foi demitido do cargo de confiança (com CLT) de Assessor Técnico da Diretoria do GHC, com um salário de R$ 17 mil mensais.

A vereadora Mônica tentou usar o nome do General Mourão para garantir a boquinha do seu filhinho. O atual comando do GHC não aceitou!!! Será que eles não entenderam que o governo Bolsonaro é outro??? Há no estatuto do GHC proibição de tal tipo de contratação (de parentes de políticos).

Dizem que o filhinho e a mamãe estão inconformados!!! O Site sabe que o vice-presidente Mourão não vai interferir na demissão!!!

Deixe um comentário

3 Comments

  1. Tem que acabar com esta prática vergonhosa.
    Sempre achei esta tal Mônica uma sem caráter.

  2. Vai prestar concurso imprestável filhotes de sangue suga

  3. Perfeito, assim tem que ser feito sempre.

Envie um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *