Logo depois de sofrer uma retumbante e vergonhosa derrota (mesmo usando toda máquina do Conselho) nas eleições a presidência do CREA-RS, a atual diretoria do Sindicato dos Engenheiros (ligadíssima ao PT) resolveu dar como prêmio de consolação uma das vagas de conselheiro ao fantoche derrotado, o ex-Mélvis. Só que todos sabiam que o ex-Mélvis (aquele que a ZH flagrou dirigindo sem habilitação de motorista) nunca foi sócio do Senge-RS, condição legal e necessária para representação no Conselho.
Ilegalidade essa descoberta por um conselheiro que protocolou pedido de informação desde o ano passado. O sabujo Lange, à época, arrastou o que pode, especialista que era em criar comissões de investigação ad referendo do Plenário do Conselho gaúcho. Mas todas essas que criou eram com o objetivo cretino de transformar verdades em mentiras e mentiras em verdades, através de bandida manipulação, ou o mais conhecido “toma lá da cá”.
Só que, às vezes, o tiro sai pela culatra, como de fato saiu. Ou seja, nem todas as pessoas se sujeitam a essas práticas criminosas e, para surpresa, a Comissão investigatória da ilegalidade e que não era para investigar… somente fazer de conta, concluiu que o ex-Mélvis realmente estava ilegal e mais, teria que devolver todos os valores recebidos indevidamente em diárias e viagens já realizadas neste curto período de tempo.
Depois de muitos meses na gaveta do sabujo Lange… a agora presidente interina Alice, também com a espada no pescoço, pois responde em juízo pelo seu terceiro e ilegal mandato, resolveu pautar o relatório da comissão investigatória na última plenária do Conselho. Quem tem…. tem medo!!!
Depois de muitas manobras e tentativas de protelar, a plenária do CREA-RS decidiu por AFASTAR o ex-Mélvis, por estar há mais de ano de forma totalmente irregular, e também, a devolver os valores recebidos de forma ilegal e criminosa em diárias, descolamentos e viagens.
Teremos mais novidades nas próximas semanas. Há que diga que muitos outros cairão como peças de um dominó, até porque têm ações judiciais em curso que tanto vão tirar gente do CREA-RS como irão colocar, como é o caso do presidente eleito Capoani que permanece fora devido às cretinas manobras jurídicas… enquanto alguns permanecem, de forma ilegal e imoral, apostando na demora da Justiça mas que, acreditamos, tarda mas não falha!!!
Esse colunista quer saber quando o sabujo do Lange e o seu ex-superintendente Garcia vão pagar o desfalque de mais de R$ 200 mil aos cofres do CREA-RS, conforme decisão do TCU – Tribunal de Contas da União e decisão plenária do CONFEA – Conselho Federal, já divulgada por esse colunista.
Também esse colunista gostaria de saber e tornar público a todos os profissionais que pagam (caro) a conta do CREA-RS porque o segundo vice agora, Lange, continua vindo ao Conselho todas as semanas, recebendo para isso deslocamentos e diárias??? Tanto quanto a primeira vice-interina, ou seja, dois para exercerem a mesma função de substituir o presidente em sua falta???
Além de ser ilegal e imoral, são altos custos para os cofres da autarquia!!! Mais uma vez com a palavra o TCU e os conselheiros do CREA-RS, especialmente a Comissão de Tomada de Contas!!!

Deixe um comentário

Envie um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *