Por onde passa o ISEV é só $acanagem. Olha o legado que deixaram no Hospital de Cacequi

Por onde passa o ISEV é só $acanagem. Olha o legado que deixaram no Hospital de Cacequi

Por atrasos salariais, funcionários do Hospital de Cacequi entraram em greve. Entre os serviços afetados está o de saúde mental, que atende dependentes químicos.

Os funcionários do Hospital de Cacequi estão, novamente, em estado de greve desde esta segunda-feira (9/9) por conta de atrasos salariais e promessas NÃO CUMPRIDAS referentes a negociações realizadas durante as duas paralisações anteriores, uma em novembro e dezembro do ano passado e outra em janeiro desta ano. Entre os serviços que poderão ser afetados está o atendimento em saúde mental e dependência química, que é referência para 31 municípios.

Em 1º de agosto, o “famoso” ISEV – Instituto de Saúde e Educação vida, de Porto Alegre, que “administrou” o nosocômio de Cacequi até maio, foi substituído oficialmente em agosto pela desconhecida Associação Santo Onofre, da cidade de José Bonifácio (SP). As dívidas, no entanto continuaram. O problema é que a Organização Social Santo Onofre diz que se responsabiliza pelos valores devidos a partir de agosto. É o velho empurra & empurra… A dívida anterior seria do ISEV. Enquanto isso, os trabalhadores (que foram logrados pelo ISEV) alegam enfrentar problemas com corte de água e luz e até ordem de despejo por atraso de aluguel.Não recebemos nada dos atrasados, nenhuma promossa foi cumprida.

– Eles colocaram e dia por 2 meses e começaram a atrasar de novo. Sempre alegam que não tem dinheiro – reclama revoltada uma servidora, que pediu para não ser identificada.

ISEV, GAMP, SÍLVIO SCOPEL são vinhos da mesma pipa!!!

Quantos milhões o ISEV roubou em Cacequi é uma pergunta que não quer calar…

Deixe um comentário

Envie um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *